terça-feira, 6 de março de 2012

NATAL, 1987 - José Antonio Assunção

O perdido gesto
de vasculhar os sapatos
na Manhã dos Sinos.


Os próprios sapatos
(itinerário de ti?)
já quedam rotos
nas rugas do tempo.


E o menino antigo,
só de teimoso,
suporta o presente.

_______________________________


Autor: José Antonio Assunção
Texto originalmente publicado no livro O câncer no pêssego (1992)



Um comentário:

  1. Caro Wesley,
    Grato pela postagem de meus textos em tua Antologia Paraibana. Certamente uma boa referência pra quem se interessar em conhecer a poesia que se faz às margens do Sanhauá e do Açude Velho.
    Abraço, Jotahah Assunção

    ResponderExcluir