domingo, 22 de abril de 2012

POEMA – Ascendino Leite



Vem, amiga, não vaciles.
Vem, puro que sou.
Põe os teus braços
                        nos meus
e a estes se agarrem
                           os teus,
                  só assim farás
parte de mim
                   e eu direi que
                   sou teu.





_______________________________

Título: Poema
Autor: Ascendino Leite

Poema retirado do livro Autores Paraibanos: poesia (Grafset, 2005)


Nenhum comentário:

Postar um comentário