quinta-feira, 18 de outubro de 2012

LANCE DE DADOS - Antonio Morais de Carvalho


Não partirei do nada.
Também não serei espelho.
Somente o mundo
é sua fotografia.

Jogando dados
contra Deus & Demo
será insonte
banir o acaso
(quem ajudará o poeta
a parar os dados
no numeral de achados?).

A fada guiará meu fado.
Mas eu guiarei a fada:
serei seu fado.

Olho para o mundo:
será meu fato?


_______________________________

Título: Um lance de dados
Autor: Antonio Morais de Carvalho

Poema originalmente publicado no livro Jogo de sentidos (1986)

Nenhum comentário:

Postar um comentário